terça-feira, 6 de setembro de 2011

[CLÉO, de Helen Brown]

Cleo
Foto:Reprodução
A autora  de Cléo narra um drama pessoal que a levou a uma depressão e quase acabou com sua família. A superação da dor e a vontade de viver reaparecem com o amor e amizade de um ser surpreendente: Cleo, uma gatinha frágil e enérgica.
Eu particularmente não sou nada chegada a gatos, mas gosto de histórias de animais que auxiliam seus donos na superação de estados depressivos, ou egoístas. Quando você se ocupa, e consequentemente se preocupa com outro ser, humano, ou animal a sua vida muda o foco.
    Com “Cleo” não é diferente. Uma história sobre perdas, recuperação, amor e reconhecimento pessoal, que Helen Brown escreve de maneira leve relatando um período conturbado da sua vida. Sua gatinha a ajudou em todos os aspectos, influenciando-a a continuar buscando por seus sonhos – inclusive profissionais. Parece muito? Não, não é.
A jornalista Helen Brown escreve sobre sua experiência pessoal e conta como uma ‘simples gata’ a ajudou em sua recuperação.
Helen apresenta a sua família ― Steve, seu primeiro marido, seus filhos, Sam e Rob, e a labradora Rata ―, o seu casamento fragilizado e a contínua tentativa de fazê-lo dar certo, e a paixão de Sam por animais. Uma fatalidade, no entanto, muda tudo: Sam morre em um acidente de carro, na frente de Rob.
A gatinha Cleo chega ao novo lar e encontra uma família devastada pela dor: Steve reprime seu sofrimento, Rob não sorri e Helen entra em depressão. Aos poucos, a alegria contagiante da gata rouba a atenção de todos, fazendo com que voltem a viver o presente e a pensar no futuro.
A busca por um novo começo são dois acontecimentos destacados pela autora em uma narrativa delicada sobre uma tragédia familiar. Cleo auxilia na sua superação da dor, estando presente quando Helen deve escolher qual caminho seguir. Além de uma história de amor e de perda, Cleo traz à tona autoconhecimento e o poder restaurador do amor por um animal. Recomendo!
Sobre a autora
HelenBrownPhoto_Page_1
Foto: Reprodução
Helen Brown é escritora e jornalista neozelandesa radicada na Austrália. Escreveu colunas para diversos veículos, como o Dominion e o Sunday Star. Depois de figurar nas listas dos mais vendidos no Reino Unido, na Austrália e na Nova Zelândia, Cleo atingiu o primeiro lugar na lista do New York Times em sua primeira semana nos Estados Unidos e já teve seus direitos autorais adquiridos para o cinema.
Título: Cleo, de Helen Brown
Editora: Agir
Lambendo as páginas: 352
Custo da terapia felina: R$ 29,90

Um comentário:

  1. Eu li o Livro e realmente é fantástico. na verdade comprei o livro porque tenho uma gata preta igualzinha a do livro e que também se chama CLEO. É uma história emocionante, onde a autora nos arranca lágrimas e em muitos momentos risos, adorei, virei sua fã, recomendo. E quando o filme for pro cinema estarei na primeira fila.
    Cassia Nascimento.

    ResponderExcluir

Comente