quarta-feira, 22 de junho de 2011

[A MULHER TRÊMULA - Ou Uma história dos meus nervos, de Siri Hustvedt]


A autora Siri Hustvedt fazia um discurso em homenagem ao pai, um professor universitário morto dois anos antes, quando começou uma série assustadora de tremores abaixo do pescoço. Seus braços e suas mãos se moviam convulsivamente, ea despeito denquanto a sua voz continuava saindo com toda a clareza e segurança. 

Esse foi apenas um primeiro episódio - a ele se seguiriam outros, sempre suscitando o mesmo elenco de questões e mobilizando todas as armas intelectuais da escritora.
Em A mulher trêmula, Hustvedt empreende uma busca pelas explicações - físicas, emocionais, filosóficas, clínicas - para sua situação. Desbravando com segurança um terreno marcado pela neurologia, psiquiatria, psicanálise e até mesmo pela criação artística, e o tempo todo amparada por autores como Dostoiévski, Freud, António Damásio e Oliver Sacks, a autora desnuda a própria narrativa dessa investigação ao mostrar que continua tendo mais perguntas do que propriamente respostas.

Temas como os limites entre o físico e o mental, a atual supremacia dos fármacos sobre as teorias de Freud e a necessidade de narrar o sofrimento para melhor apreendê-lo são debatidos neste livro que revela uma autora no auge de sua argúcia e curiosidade intelectual.
Sobre a autora


Siri Hustvedt


Nascida em 1955, em Northfield, Minnesota, Siri é uma escritória norte-americana de ascendência norueguesa. Bisneta de emigrantes noruegueses pelo lado do pai, Lloyd Hustvedt (destacado e famoso professor de História Escandinavo-Americana), filha de uma emigrante norueguesa, Ester Vegan, Siri licenciou-se em História no St. Olaf College, doutorando-se em Literatura Inglesa na Universidade de Columbia (Nova Iorque), com a tese de dissertação Figures of Dust: A Reading of Our Mutual Friend, baseada na obra de Charles Dickens.

Em 1981 casou-se com o escritor Paul Auster, com quem vive até hoje em Brooklyn, Nova Iorque. Da relação nasceu em 1987 a sua única filha, Sophie Auster (atriz e cantora).


A mulher trêmula

Editora Cia das Letras
208 páginas, 
Quanto vale_R$ 42,00  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente