quinta-feira, 30 de junho de 2011

[INFÂMIA, de Ana Maria Machado]


Foto:reprodução 
 
 Infâmia, o romance inédito de Ana Maria Machado,  questiona os artifícios e as calúnias que com tanta frequência encobrem a verdade no mundo atual. O romance narra duas histórias em paralelo, centradas numa família de diplomatas e seus amigos mais próximos.

A autora entrelaça fatos da história recente do Brasil em que a verdade, em meio a distorções e calúnias, nem sempre prevalece. O resultado é um livro coeso sobre as múltiplas faces da realidade nos dias de hoje.

 Com problemas de visão, Manuel Serafim, um embaixador aposentado, patriarca de uma família bem-sucedida de diplomatas espera por uma cirurgia. Enquanto isso, Camila, a filha de um casal de amigos, o visita com frequência, para ajudá-lo a ler livros e jornais. 

Tudo parece bem na casa dos Soares de Vilhena. Mas o aparecimento de um envelope com documentos antigos traz à tona os fantasmas que há tempos assombram a família. Na pasta, há fotos e fragmentos de textos de Cecília, filha do embaixador, que morreu anos antes em circunstâncias misteriosas. Só lendo para saber sobre a rede de falsas acusações, que num turbilhão kafkiano pode levar à outra tragédia.

Sobre a autora

 Foto:reprodução

Vencedora do Prêmio Machado de Assis, da 
Academia Brasileira de Letras, Ana Maria Machado e atualmente vivendo no Rio de Janeiro, Ana começou a carreira como pintora. Estudou no Museu de Arte Moderna e fez exposições individuais e coletivas, enquanto fazia faculdade de Letras na Universidade Federal (depois de desistir do curso de Geografia). O objetivo era ser pintora mesmo, mas depois de doze anos às voltas com tintas e telas, resolveu que era hora de parar. Optou por privilegiar as palavras, apesar de continuar pintando até hoje.

Infâmia, de Ana Maria Machado
Editora Alfaguara
Folheando a Infâmia, por _280 páginas
Quanto vale a Infâmia_R$ 42,90

Um comentário:

  1. Que legal! Ela é uma guerreira e consegue ser maravilhosa como escritora infantil e de adulto. Certamente lerei, já li um de seus livros biográficos para adulto e amei. Valeu pela dica!

    ResponderExcluir

Comente