sábado, 23 de abril de 2011

[CASAMENTO de CONVENIÊNCIA, de Georgette Heyer]


A capa foi o que primeiro me chamou a ateçãopara este livro, que é uma publicação da Record. O tipo de livro para ler descompromissadamente em um feriado, como este, da Páscoa.
A autora sabe transmitir às leitoras muito bem, os costumes ingleses, em realísticas passagens os detalhes sobre moda, os hábitos, a linguagem, as convenções sociais, e mas não deixando de lado o tom de sarcasmo e humor que lhe é peculiar.

Neste livro, a história de Elizabeth, Horatia que ao ser pedida em casaento pelo conde de Rule, causa à bela jovem um dilema. Ela está comprometida com o admirável mas pobre, tenente Heron.A questão parece aparentemente resolvida quando sua irmã mais nova se dispõe a casar com o lorde Rule, no lugar da irmã. 

Ambientado em 1776, Casamento de Conveniência foi publicado pela primeira vez em 1934.  Numa revolução literária para a época, o casamento aqui não é visto como o final feliz para a história. Isso que dá vida ao belo romance, onde a irmã passa de personagem secundário a central.

A trama toda é descompromissada, um tanto engraçada e leve. Vale a leitura para quem como eu adora temáticas de época. 

Sobre a autora



Ela foi a criadora do gênero do romance inglês, e teve mais de 48 obras publicadas postumamente. Para saber um pouco mais, existe uma exescelente biografia O mundo privado de Georgette Heyer, por Jane Aiken, que eu ainda não procurei. Mas ela é autora também de inúmeros ensaios e artigos.

Georgette Heyer (16 agosto de 1902 - 04 de julho de 1974) se parece mais com uma mulher sofisticada único dos agitados anos vinte do que um inovador, não é? Mas, Geogette Heyer foi exatamente isso.  Ela teve sucesso imediato aos dezenove anos com seu primeiro livro, O Black Moth, publicado sob pseudônimo, Stella Martin. Ela sentia-se desconfortável com a fama. "Você vai me encontrar nos meus livros",  respondia aos entrevistadores e só foi realmente capaz de obter o anonimato, como queria, quando se casou,em 1925, tornando-se a Sra. Ronald Rougier. Seu marido era  um engenheiro de minas. O casal passou vários anos morando em Tanganica e Macedônia , antes de regressar a Inglaterra em 1929.

Saiba mais em Georgette H. 

Casamento de Conveniência
Editora Record
Folheando por conveniência_336 páginas

Faça sua oferta_R$ de 26,01 (Walmart) a  R$ 39,90 (Fnac e Livraria da Folha) via (Buscapé




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente