quarta-feira, 30 de junho de 2010

[DESCOMPLIQUE UM GUIA DE CONVIVÊNCIA E ELEGÂNCIA, de Vanessa Barone]

 Layout 1
Descomplique traz dicas de etiqueta, de como se vestir de um jeito moderno sem ser over no trabalho e de como se comportar na internet em meio a tantas redes sociais, entre outros assuntos como a relação a dois.
E o melhor: adaptado ao século XXI e suas necessidades.
SOBRE A AUTORA
Vanessa Barone é jornalista e consultora de imagem. Faz pesquisas sobre moda e comportamento desde 1994. Apesar de ser uma mulher- moderna, em uma família-moderna: (é mãe, madrasta, ex-mulher, profissional e esposa), ‘acredita que a vida pode ser menos complicada’.
EDITORA LEYA
DESCOMPLIQUE
Autora_Vanessa Barone
Folheando sem complicação_114 páginas
O Preço, - um pouco complicado_ R$ 34,90 mas, com desconto encontrei por R$ 27,57 na Livraria da Travessa

terça-feira, 29 de junho de 2010

[SOU LOUCA POR VOCÊ, de Federica Bosco]

souloucapoirvc

Achando que é uma declaração de amor, este livro da Bertrand Brasil está vendendo como ‘boas promessas’. Entrou na minha ‘lista de leituras da semana’, já que esta autora, considerada a Bridget Jones italiana, escreveu uma versão romantica que mistura um pouco de malícia feminina, uma certa irreverência teen e ainda narra deliciosas e divertidas histórias da protagonista. Considerado espirituoso, muito bem escrito, sutil, culto e também um ótimo entretenimento para as fãs de chick list, como eu.

Se você, como eu, adora a saga de Bridget, serve para matar a saudades da inglesinha atrapalhada que lutava para emagrecer, parar de fumar e ter um namorado, como a maioria das mulheres mortais em qualquer parte do planeta! E a BertrandBrasil disponibilizou o primeiro capítulo na internet, para você ter uma amostra do livro. Aqui

federicab

Sobre a autora

Federica Bosco, autora e roteirista italiana, sempre escreveu mais de um livro simultaneamente. Conhecida na itália por seus temas ‘moderninhos’ e de auto-ajuda feminina, vendeu os direitos autorais deste livro para o cinema.

Ela é autora de 101 maneiras de reconhecer o seu príncipe encantado (sem ter que beijar todas as rãs). Ainda não publicado por aqui

EDITORA BERTRAND BRASIL

Quanto vale a loucura_R$34,00

Folheando_dá pra ler em ‘dois dias’_  192  páginas

sábado, 26 de junho de 2010

[ELE É MEU, de Marie H.Brownw e Marlene N. Browne]

 ELE E MEU 

Um livro, de auto-ajuda, como tantos que ensina a  segurar o seu homem. mas, o detalhe é que ele ensina também a enfrentar a concorrência apresentando as técnicas e estratégias da amante.

De acordo com pesquisa do Ministério da Saúde sobre comportamento sexual, estima-se que 21% (um em cada cinco) dos homens brasileiros casados traem. É a partir desse cenário que surge Ele é meu, é da terapeuta familiar americana Marie H. Browne, com a colaboração de sua filha, uma advogada especializada em questões familiares Marlene M. Browne. Ao contrário do que muitas leitoras possam acreditar, este livro não trata de uma questão de sorte ou azar no amor, mas de trabalhar na construção de um ‘relacionamento sólido’, resistente a ataques externos. Leia-se de amantes!

Leitoras mais inocentes poderão saber os motivos que existem por trás da infidelidade, que podem ser desde transtornos de personalidade identificados em maridos até a amantes narcisistas, bordeliners, antissociais ou psicóticos de todos os tipos.  As autoras analisam muito bem, o perfil da “mulher sofredora”, seja ela amante ou esposa, que tende a ter comportamento passivo e subserviente, a se apegar a personalidades abusivas e raramente sai de um relacionamento ruim ou procura ajuda, fica sofrendo em silêncio.

marie Hbrownie

SOBRE AS AUTORAS
Marie H. Browne é enfermeira e Ph.D., com mais de 40 anos de experiência como professora de psicologia e 35 no exercício de terapia de casal, individual e familiar. Entre suas especialidades está o tratamento de adolescentes e adultos vítimas de abusos, assim como suas famílias. Atualmente mora em Nova York com seu marido Frank Browne, com quem está casada há 46 anos. A filha do casal, e co-autora do livro, Marlene M. Browne, é advogada especializada em questões familiares e analista legal. Participa regularmente de programas de rádio, TV e convenções para discutir assuntos como divórcio e dinheiro.

EDITORA RECORD

ELE É MEU!

Autoras, Marie H. Browne e Marlene

Folheando  e descobrindo_224 páginas

Valendo_R$ 23,92 (Na Livraria Cultura)

quinta-feira, 24 de junho de 2010

[CARTAS DE AMOR DE HOMENS ROMÂNTICOS, org. de Ursula Doyler]

cartas de amor
Inspirado no livro da personagem Carrie Bradshaw no filme 'Sex and the City', 'Cartas de amor de homens notáveis' reúne algumas correspondências românticas, encontradas em meio a documentos pessoais de personalidades como Beethoven, Victor Hugo, Honoré de Balzac e Charles Darwin. 

Algumas Devoradoras podem lembrar de Carrie lendo um poema para o Mr.Bigs, usando os óculos do amado, e falando de seu fascínio pelo cheiro dos livros de biblioteca, ao ser questionada do porquê ela é a única pessoa que ainda pega livros em bibliotecas. 

Por meio dessas correspondências, a obra procura satisfazer a curiosidade de quem lê sobre os casos amorosos e a vida particular de figuras históricas além de conhecer as nuances da paixão, desde a refinada eloquência de Oscar Wilde, passando pela singela devoção de Mozart até o ciúme que Napoleão sentia de sua primeira esposa, Josefina. Amor, esperança e desejo estão representados neste livro, que reconstitui, assim como o prazer de receber ou enviar uma mensagem, à pessoa amada. 

EDITORA BEST SELLER
Por R$ 19,90 Preço ‘super camarada’ para as 160 páginas

terça-feira, 22 de junho de 2010

[A ÚLTIMA IMPERATRIZ, de Anchee Min]

A-ÚLTIMA-IMPERATRIZ 
Uma das mulheres mais odiadas da China, Tzu Hsi tem sua trajetória  contada em A última imperatriz, de Anchee Min tendo que lidar com as intrigas do palácio enquanto governa um país em crise. Baseada em fatos e personagens reais, a história é narrada em primeira pessoa e apresenta a protagonista como uma mulher sensível, que assume o poder relutantemente e faz inúmeros sacrifícios para proteger a quem ama e tentar salvar um império condenado à morte.
Para os chineses, o fim do século XIX foi uma época marcada por guerras e rebeliões, que culminaram no término da Dinastia Ch’ing. A única constante nesse período tumultuado foi o poder exercido por Tzu Hsi, a última imperatriz da Cidade Proibida. Com a morte do imperador Hsien Feng, ela assume o poder em nome de Tung Chi, filho dos dois e único herdeiro da Dinastia Ch’ing. Dessa forma, os leitores acompanham a transformação de uma jovem determinada, que conseguiu se tornar a concubina favorita do governante chinês, em uma sensata líder política, que comandou a China por mais de quatro décadas.
Além de conviver com uma série de intrigas políticas, Tzu Hsi se viu forçada a enfrentar, com um sorriso no rosto, homens e mulheres que lhe desejavam mal e, se pudessem, a matariam. Como se não bastassem os problemas trazidos pela ocupação do trono, a imperatriz teve uma grande perda na vida pessoal: a morte do filho, aos 19 anos, causada por uma doença venérea contraída com prostitutas. Como precisava de um outro herdeiro, ela adotou Tsai-t´ien, filho de uma de suas irmãs com o irmão mais novo de Hsien Feng. O jovem recebeu o nome imperial de Guang-hsu.
Quando Guang-hsu chegou à idade de assumir o poder, Tzu Hsi já sabia que ele era um fraco e seria necessário continuar no comando do governo, ainda que nos bastidores. Enquanto os leitores acompanham o modo de a imperatriz lidar com fatos históricos como a relação de amor e ódio com os japoneses, a Revolução Boxer e a perda de territórios como Taiwan, Coréia e Vietnam, Anchee Min desfaz a imagem de que Tzu Hsi seria uma assassina corrupta, cruel e com fome de poder. 

EDITORA ROCCO
Folheando_392 páginas de história
Ao preço de R$ 55,00 (Mas existem boas ofertas nas livrarias)

[IMPERATRIZ ORQUÍDEA, de Anchee Min]

IMERATRIZ ORQUIDEA

Imperatriz Orquídea, de Anchee Min apresenta uma versão sensível e humana da trajetória de uma das mulheres mais odiadas da China: a última imperatriz Tsu Hsi, conhecida como Orquídea. Anchee Min apresenta neste livro uma ficção baseada em fatos reais pesquisados em documentos chineses originais. Com riqueza de detalhes, a escritora relata aspectos da vida da mulher que influenciou a política da China durante meio século.
Com um estilo dinâmico, Anchee Min insere fatos históricos na narrativa sobre a vida de Orquídea. A imperatriz nasceu no ano de 1835 em uma família de classe média de Anhwei, a província mais pobre da China. Com a morte do pai, mãe e três filhos foram morar com parentes em Pequim. Como filha mais velha, Orquídea acabou sendo prometida a um primo. Inconformada com a situação, ela encontrou uma maneira de fugir do casamento arranjado: entrou no concurso que escolheria as esposas do imperador Hsien Feng.
A imperatriz Orquídea de Anchee Min em nada se parece com aquela definida nos livros didáticos como sendo um cérebro de pura maldade e intriga. Orquídea usou, sim, de sua beleza para ingressar na Cidade Proibida e de alguns truques e subornos para tornar-se a preferida entre as esposas do imperador Hsien Feng. Mas acabou conquistando-o por sua inteligência e pela maneira pouco convencional de encarar as rígidas normas de etiqueta do mundo imperial.

A felicidade da vitória transformou-se em decepção, ao perceber que não havia muita emoção na vida dentro da Cidade Proibida. Os dias resumiam-se a esperar pelo chamado do imperador. Orquídea, porém, não queria ser apenas mais uma entre as três mil mulheres dispostas a dar à luz um novo herdeiro da Dinastia Ch’ing. Com um pequeno suborno para conseguir o encontro desejado e muita inteligência, ela tornou-se a preferida e deu à luz o único filho homem de Hsien Feng, o que conferiu a Orquídea o título de imperatriz.
Com a morte do imperador e o país arruinado financeiramente, deflagrou-se uma batalha pelo poder dentro da Cidade Proibida. Para não deixar o filho perder o posto que lhe pertencia por direito, Orquídea passou a envolver-se ainda mais na política, mas não mais escondida na sombra do imperador. Ao longo da história, Anchee Min revela os sentimentos, as apreensões e os pensamentos de Orquídea sobre tudo que se passava ao redor. E mostra que a força e a determinação foram fundamentais para a sobrevivência da imperatriz na sociedade que considerava a mulher um ser inferior.

ancheemin03
Sobre a autora

A autora Anchee Min também escreveu Imperatriz Orquídea. Nascida em Xangai no ano de 1957, Anchee Min cresceu em meio à Revolução Cultural da China. Aos 17 anos, foi mandada para um trabalho coletivo no campo. Lá, foi recrutada por um caçador de talentos para o Estúdio de Cinema de Xangai, patrocinado pela primeira-dama Chiang Ching, sobre quem escreveria mais tarde em A construção de madame Mao. Ajudada pela atriz Joan Chen, Min imigrou para os Estados Unidos em 1984 e estudou no Instituto de Arte de Chicago. Red Azalear, seu livro de memórias, foi eleito o livro do ano pelo New York Times e teve os direitos de publicação vendidos para vinte países. Além de escritora, Min é fotógrafa, pintora e musicista. Atualmente, mora na Califórnia com o marido, Lloyd Lofthouse, e a filha, Lauryann.
São 432 páginas por R$ 52,00

[HOMENAGEM]



" Todos sabemos que cada dia que nasce é o primeiro para uns e será o último para outros e que, para a maioria, é so um dia mais"  

Saramago

domingo, 20 de junho de 2010

[FUTEBOL....]




“Futebol se joga no estádio? Futebol se joga na praia, futebol se joga na rua, futebol se joga na alma.
Carlos Drummond de Andrade
Poeta brasileiro

segunda-feira, 14 de junho de 2010

[AS VIÚVAS DE EASTWICK, de John Updike]

 John Updike

Ao ver o título deste livro, imaginei que ou seria uma releituira de As Bruxas de Eastwick (1984), ou o próprio autor poderia ter feito uma continuidade do original. Afinal, reinventar diferentes possibilidades, ou novas ‘releituras’, é um hábito de diferentes autores. John Updike não é diferente.


bruxas-de-eastwick2_filme
O filme As Bruxas de Eastwick

O recém lançado As Viúvas de Eastwick, é a sequência de As Bruxas de Eastwick, o livro que foi adaptado para o cinema e cujo personagem Jack Nicholson, brilha no papel de amante das três feiticeiras, Alexandra, Sukie e Julie. A Warner Brothers ficou ‘anos’ tentando transformar o filme/livro em série de TV. Em 1992 foi produzido um piloto para a rede NBC. Em 2002, um novo projeto teve início, desta vez para Fox, em associação com a Warner. Sob o título de “Eastwick”, cujo episódio piloto também não conseguiu ser transformado em série de TV. 

Foi no livro anterior, que o trio de protagonistas, vivido pelas três divorciadas (Cher, Susan Sarandon e Michelle Pfeiffer), em pleno ‘anos 60’, descobrem seus poderes mágisticos. Com um amante em comum – sim, as três já eram ‘modernosas’, usam seus poderes para arranjar novos maridos, (alguma semelhança com histórias atuais?) que sempre sonharam.


                                
                                      Capa da edição da Cia das Letras e da Editora Civilização Brasileira


A volta do trio, trinta anos depois, que após o final do livro anterior, foram morar em diferentes cidades, ainda são feiticeiras, mas agora, viúvas e septuagenárias, que reatam a amizade e decidem viajar pelo mundo juntas, para combater a solidão.
Alexandra é a encarnação da força natural feminina, que afastada da família, acaba perdendo a vontade de viver; Jane, a violoncelista esnobe e sarcástica, convive com a sogra, que aparentemente é imortal (que castigo!): e Sukie, é a autora de literatura, amorosa, que procura sublimar na ficção o furor carnal que resiste ao passar dos anos. 

Quando as três se reencontram e decidem alugar a mansão de Darryl Van Horne, para o verão a cidade pouco mudou e ainda é habitada por ex-amantes, inimigas rancorosas, e as vítimas de seus feitiços… É quando elas decidem invocar mais uma vez a Grande Deusa e… ocorre o inesperado. 

Essa gostosa mistura de fantasia e sátira social, nada mais é do que uma crônica dos costumes americanos que John Updike tanto adora. è um retrato apurado do comportamento de mulheres que ficam divididas entre a liberação dos ‘anos 70‘ e os valores esteriotipados do ppel feminino exigido pela sociedade. 

As Viúvas de Eastwick, de John Updike, tem_360 páginas
O custo de folhear a feitiçaria está em média R$ 54,00 (preço s/ desconto)

As Bruxas de East

As Bruxas de Eastwick, de John Updike, tem 360 páginas, (mas, por ser um relançamento) está MAIS 'em conta'_R$ 26,00 

A tiragem também é maior, o que barateia o custo (5 mil exemplares)

A reedição é da Companhia das Letras, e com ‘sorte’, você pode achar um bom desconto do tipo "leve os dois e pague ‘um’…

Sobre o Autor_ John Updike, nasceu na Pensilvânia, em 1932 e faleceu em 2009. Trabalhou na revista New Yorker e publicou diversos ensaios literários, poesia, ficção, e uma de suas obras diferenciadas foi a tetralogia (quatro livros) do Coelho. 


[A COSTA OESTE, de Paula Fox]

 

foxpaula

Paula Fox

A autora Paula Fox escreve histórias marcadas quase sempre por experiências pessoais, e A Costa Oeste é uma das obras onde isso fica mais evidente. Cada frase é perfeita, e capaz de conquistar o coração e a mente do leitor. Assim como envolvente, é a personagem do livro, Annie, uma jovem inexperiente que vive na mais completa alienação na Califórnia, a “chamada Terra das Vaidades”, entre o fim da Grande Depressão e a tensa antevéspera da Segunda Guerra

A Costa Oeste

Algumas coincidências são perceptíveis nesta obra, entre o personagem de Annie, e a autora que também viveu a sua juventude sendo ignorada pela família. O pai de Fox, foi um escritor e, também roteirista alcóolatra em Hollywood, que viveu vagando pelos EUA sem se importar com a família como o pai de Annie neste romance.  O pano de fundo os Estados Unidos às vésperas de encarar a Segunda Guerra Mundial é o cenário desta história onde Annie Gianfala é iniciada nos (des)caminhos da sexualidade e do amor.

Paula Fox, nascida em Nova York, no ano de 1923, trabalhou em diversas atividades antes de se tornar escritora aos 43 anos. Tem publicado seis livros para adultos e uma dezena de livros infantis, alguns que lhe renderam o Prêmio Hans Christian Andersen.

Pela Companhia das Letras, Paula publicou Desesperados

Quanto vale a viagem à Costa Oeste_R$ 59,00

Na Livraria da Travessa (via SEDEX,não incluído)_R$ 46,61

[OS DIÁRIOS DE CARRIE, de Candace Bushnell]

sexcity

Para quem se apaixonou por "Sex and the City" e pelas aventuras de Carrie, Samantha, Charlotte e Miranda, agora é a hora de saber como tudo começou. Na onda da estréia do segundo filme. este é o livro antes do quarteto ser famosinho e ir às telonas.

diarios de carrie

Abra o diário de Carrie Bradshaw e descubra o que levou a jovem do interior a Nova York, como ela se tornou escritora e outros segredos de uma das mais emblemáticas e charmosas personagens urbanas desta geração.  EU, particularmente gostei, e muito, desta ‘versão original’ (abaixo) da capa do livro.

diarios de carrie2

 

Leia escondido de sua filha adolescente! Depois pode repassar à ela.  

O livro é da série Galera RECORD, mas mantém o preço de livro adulto

R$ 34,90 por 400 páginas

sexta-feira, 4 de junho de 2010

[CAIXA DE DESEJOS, de ANA CRISTINA MELO

Caixa de Desejos

Este livro será lançado na Bienal do Livro, em Agosto, mas, com a proximidade do dia das crianças, lembrei que tenho uma afilhada que está com 11 anos e já ‘não é mais criança’, como ela mesmo gosta de lembrar.

Não quer saber de ‘bonecas’, está entre a adolescência precoce e a vida infantil em alguns momentos. Por isso achei que este livro é bem apropriado para ela. (sim! ela é uma das poucas adolescentes que adoram ler…)

Acredito que ele se adaptaria perfeitamente a uma adulta, que ainda não cresceu. A história é singela, os questionamentos são reais.

Poucas de nós lembramos com o que sonhávamos aos onze anos de idade. Quais eram nossos maior esdesejos. Pois Caixa de Desejos, o livro de estreia de Ana Cristina Melo, nos remete justamente a essa época, quando nós ainda estávamos descobrindo quais eram as nossas próprias vontades. Ele fala de Marília, uma adolescente de 11 anos, está passando por uma fase de conflitos: fase de adaptação à escola, onde é estigmatizada por ser nerd, a adaptação em casa, por ser considerada o "bicho esquisito", num ambiente com tantas pessoas que ela diz que "parece um hotel". Eis que chega uma uma meia-irmã em sua vida, Léo, um menino novo no colégio, e uma caixa de madeira (um tanto mágica) de sua avó, mudarão de vez a vida de Marília.

Se a sua pré-adolescente está nesta fase, quem sabe alguns momentos de leitura não a deixe mais ‘inspirada’? Eu recomendo…

Ana Cristina Melo nasceu no Rio de Janeiro, em 1972. Pós-graduada em Análise de Sistemas, atua na área há mais de vinte anos, na qual tem quatro livros publicados.

Premiada em vários concursos literários, entre eles o Prêmio Sesc de Contos Machado de Assis (SESC/DF), em 2009, com publicação em algumas antologias vencedoras. Cristina, dedica-se à divulgação da literatura nacional. É editora do site Sobrecapa (de lançamentos literários) e mantém os blogs Canastra de Contos (de notícias literárias) e Ficção de Gaveta (de concursos literários). Tem um conto publicado na edição 19 da Revista Ficções.

Caixa de desejos é seu livro de estreia na ficção.

Caixa de Desejos

EDITORA USINA DE LETRAS

Gênero_Infanto Juvenil (8 a 12 anos)

Quanto se paga pelo Desejo_R$ 20, um preço ‘bem bom’

quinta-feira, 3 de junho de 2010

[O FIM DAS BOAS MANEIRAS, de Francesca Marciano]

O fim das boas maneiras

Francesca Marciano, autora de "As Leis da Selva" e "Casa Rossa", constrói uma trama sobre o olhar estrangeiro. A fotógrafa Maria Galante e a jornalista Imogen Glass partem para o Afeganistão do pós-guerra. A idéia e´fazer uma matéria sobre as jovens afegãs que tentaram suicídio para se livrar do casamento com homens mais velhos, arranjados pelas famílias. Uma maneira interessante de conhecermos um pouco mais sobre esta cultura que para nós, as ocidentais parece tão fora de propósito. No entanto, esta cultura na qual as mulheres escondem o rosto e cometem o suicídio mostra mais que  tentativa de retratar essas jovens pode ser uma perigosa tarefa para a dupla.

EDITORA RECORD

Quanto_R$ 39,90 (mas existem as promoções nas livrarias. Encontrei por R$ 32,90)

Folheando_ 304 páginas

 

IMPRESSÕES_INTERESSANTE