segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

[CLARICE LISPECTOR EM MANDARIN]

Clarice na cabeceira
Clarice Lispector poderá ser lida em breve pelos chineses. Depois de ganhar edições em mais de 15 idiomas, entre eles checo, russo, croata e até coreano, chegou a vez do mandarim. As coletâneas de contos Laços de Família (minhas preferidas) e Felicidade clandestina acabam de ser negociadas para o gigante mercado chinês, onde serão editadas pela Shangai 99, casa de autores como Philip Roth, Paul Auster, Stephen King e Dan Brown. Por aqui, a Rocco comemora o sucesso da coletânea de crônicas Clarice na cabeceira (Rocco, 256 pp., R$ 32), organizado por Teresa Monteiro, que já vai para a terceira reimpressão.
CLARICE NA CABECEIRA
EDITORA ROCCO
Folheando_256 páginas
Quanto vale_R$ 32
Para ler sempre!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente